Dicas para Blogueiras

Manual de Como Criar um Blog: Parte 1

19 de janeiro de 2018

Creio eu que você é aquela pessoa que fica boa parte do seu tempo navegando em sites e blogs incríveis, não se cansa de admirar conteúdos fantásticos e de qualidade e até fica abismada em perceber que ainda existe espaço na internet para tanta gente que teve a mesma iniciativa que você está tendo agora: de criar um blog interessante que pudesse fazer a diferença na vida das pessoas. Acertei?

manual-de-como-criar-um-blog

Mas, você sempre achou que criar um blog fosse ser algo muito confuso e complicado e que isso fosse requerer técnica e conhecimentos avançados de sua parte, por isso você adiou essa vontade por tanto tempo. Eis que tenho uma excelente notícia que vai te empolgar tanto a ponto de te fazer acompanhar até o final essa série de Dicas para Criar um Blog. A partir de agora você vai aprender tudo o que for necessário para colocar essa vontade em prática! Vamos lá?

Introdução

1. Qual é a sua motivação?

Lembre-se de que essa palavrinha chave é a principal responsável pelo seu desempenho antes, durante e depois do processo para a criação do seu blog. Então, reflita bem e veja se é isso mesmo o que você quer ou se isso é apenas uma vontade passageira, pois é preciso muito amor e dedicação para manter um blog em funcionamento.

Sua resposta: Quero criar um blog porque:

a) (  ) acredito que seja uma grande chance de ficar rico (a) e famoso (a)

b) (  ) amo escrever e gostaria de compartilhar isso com outras pessoas e o reconhecimento será consequência disso

c) (  )  quero dividir com os outros as minhas descobertas e conquistas

d) (  ) outro motivo

2. Sobre o que você quer falar?

Pense muito bem se o assunto no qual você quer abordar no seu blog vai render conteúdo o suficiente para mantê-lo vivo. O ideal é que você tenha conhecimento sobre o assunto e saiba muito bem do que irá falar, pois isso é fundamental para a credibilidade do seu projeto.

Sua resposta: O meu blog será sobre:

a) (  ) moda e beleza

b) (  ) dicas para vestibular

c) (  )  livros e filmes

d) (  ) outros

3. Quem vai ser o seu público alvo?

É fundamental ter uma predefinição do tipo de pessoa que vai ler os seus artigos e acompanhar o seu trabalho frequentemente. Se você for falar sobre maquiagem, qual será o seu público alvo? As mulheres. Se o assunto for videogames, jogos e afins, quem você acha que vai acompanhar o seu blog sempre? Os meninos. Por isso, nem pense em pular essa etapa, porque ela será muito importante no decorrer do seu projeto.

Sua resposta: O meu blog será destinado ao público:

a) (  ) jovem, porque vou falar sobre comportamento, bullying e gravidez na adolescência

b) (  ) que gosta de cozinhar, pois vou falar sobre várias receitas e darei dicas de pratos super fáceis de fazer

c) (  )  cacheado, porque adoro falar sobre cabelo e pretendo dar muitas dicas para cuidar dos caracóis. 

d) (  ) outros 

Agora que você já respondeu a essas perguntas e traçou o início do seu projeto, você se sente mais do que preparado (a) para a próxima etapa, certo? Por isso, aguarde até a semana que vem para mergulhar nas dicas que eu preparei para você neste Manual de Como Criar um Blog. 

Um abraço e até mais!

 

Anúncios
Para Refletir

O Companheiro do meu Caminhar

18 de janeiro de 2018

textos-que-falam-de-deus

Caminhar é mais do que usar as pernas para se locomover, é mais do que cansar os pés quando o percurso é longo, é mais do que transpirar quando se ousa acelerar os passos. Caminhar é a prova de que aquilo que você está buscando ainda vale a pena. Quando você caminha, você sonha e segue as pegadas da realização deste sonho.

Vou te contar um segredo: sabe qual é a maneira mais empolgante de seguir em frente nessa caminhada? É tendo como acompanhante alguém que com certeza vai enxugar suas lágrimas quando você chorar, que sem dúvidas vai te estender a mão quando você tropeçar e que deseja mais do que ninguém que você alcance a linha de chegada.

E esse alguém é Jesus! Tem companheiro de caminhada melhor do que Ele? Pois é, eu não ouso dar um passo a mais sem a presença dele. 

E você? Vai convidá-lo a entrar nessa aventura contigo?

Tayná Carolinne

 

Vida Cristã

Finalmente Aproximados: Deus e Você – Parte 1

16 de janeiro de 2018

o-veu-rasgado-e-a-aproximacao-de-deus-e-o-homem

Na antiguidade, Deus escolheu um lugar na Terra onde pudesse habitar e se apresentar ao homem. “E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles.” [Êxodo 25:8] Ele tinha vontade de se relacionar com o ser humano e esta foi a única forma que encontrou para fazer isso.

O Senhor revelou essa vontade a Moisés e lhe pediu para que passasse o recado ao povo de Israel, deste modo, lhes orientando a construir um santuário, lugar escolhido por Ele para morar. Assim que a obra foi concluída, a Glória do Senhor encheu o tabernáculo. [Êxodo 40:34]

O interessante é que dentro deste lugar havia um grande véu que fazia a separação de duas salas: o Santo Lugar e o Santo dos Santos. [Êxodo 26:33] Só que a presença de Deus propriamente dita se concentrava atrás desse véu, no Santo dos Santos, onde ficava a arca da aliança. [Hebreus 9: 3,4] 

Essa arca da aliança representava o próprio Deus aqui na terra e lembrava o povo de que o Pai estava presente entre eles. Mas, somente o sumo sacerdote podia entrar no Santo dos Santos, uma vez ao ano apenas, para oferecer sacrifícios e interceder pelo povo. Ou seja, não era qualquer um que podia entrar na presença de Deus. Pouquíssimos tinham acesso ao Pai e podiam ver a sua glória de perto. [Hebreus 9:7]

Então quer dizer que mesmo assim ainda existia uma separação entre Deus e o homem? Sim, é exatamente isso que você acabou de ler. Apesar de Deus ter escolhido um santuário aqui na terra para ficar mais perto de seu povo, isso não lhe permitia ter um relacionamento íntimo com as pessoas. Para que isso pudesse acontecer, Jesus precisava entrar em ação. E é isso o que você vai entender na segunda parte desse estudo, ok? 

Fique ligadinho que na próxima semana você vai compreender direitinho o que Jesus tem a ver com a aproximação de Deus com você. Um abraço, e até a próxima!

Para Refletir

A Arte de Conhecer para Confiar

12 de janeiro de 2018

confie-em-deus

O que é capaz de te fazer duvidar de Deus? Que coisa tão intensa pode te convencer a não acreditar nele? O QUE É MAIOR E MAIS PODEROSO DO QUE O CRIADOR DO UNIVERSO?

Não existe nada maior do que o Senhor.

Mas, por que o ser humano tem tanta dificuldade de confiar em Deus? Certamente, é porque ele não O conhece o suficiente. Se pergunte: Será que eu realmente conheço o Deus a quem sirvo? Será que eu estou conversando e dividindo minhas dores com um Deus desconhecido?

Acreditar é confiar, e confiar vem do “conhecer”. Ao passo que você convive e cria um relacionamento com alguém, a confiança começa a nascer. Ou seja, você confia em quem conhece.

Se você está com dificuldades de confiar em Deus, busque conhecê-lo o máximo que você puder e então você irá descobrir com o tempo o caráter incrível que Ele possui. Caráter este que é digno de toda e qualquer confiança.

Ei, Confie em Deus!

Tayná Carolinne

Meu Universo

Reconciliação: O Clímax de uma História

10 de janeiro de 2018

perdoe-

Nos últimos dias ela esteve tentando decifrar o motivo pelo qual a palavra reconciliação tem passeado tanto em sua mente. De repente, se lembrou que esse resgate de paz foi o elemento principal do clímax do enredo de sua vida. E isso a deixou curiosa.

Foram páginas e páginas de tristeza, confusão, conflitos e mágoa. A garota não conhecia a paz, não sabia o que era deitar a cabeça sobre o travesseiro e dormir tranquila. Ela vivia seguindo as pegadas do ressentimento e ainda por cima carregava esse peso gigantesco em seus ombros.

Contudo, no momento crítico da narrativa de sua vida, algo surpreendente aconteceu e a muralha da raiva foi desmoronando aos poucos a partir de um ato de perdão. O sol voltou a brilhar e a paz começou a reinar no coração da jovem que precisava sentir o gosto bom da vida.

Sim, ela perdoou aquele que carecia de sossego do mesmo jeito que ela também precisava de repouso. E tudo isso lhe veio a mente em questão de minutos, fazendo a garota perceber que, por vezes, se recordaria dessa fase decisiva de sua vida e que a curiosa palavra reconciliação poderia continuar passeando pelos seus pensamentos sem avisar.

E não é que ela gostou dessa ideia?

Tayná Carolinne

 

Vida Cristã

Deus se Reconciliou com Você

08 de janeiro de 2018

A trajetória de Jesus nessa Terra foi marcada por inúmeros feitos que Ele provocou e que são lembrados até hoje por estarem registrados no livro mais confiável que existe: a Bíblia, que nada mais é do que a Palavra de Deus que é viva, eficaz e eterna.

textos-que-falam-de-perdao

No versículo acima aprendemos que a maior herança que Jesus conquistou para nós foi a oportunidade de reconciliação com Deus, ou seja, ao passo que Ele se entregou na cruz, desde aquele dia então, o Pai fez as pazes conosco.

O significado do perdão foi manifestado por Jesus naquela cruz e através do seu sangue derramado somos todos os dias apresentados diante de Deus como filhos santos [separados], inculpáveis [que não carrega a culpa] e irrepreensíveis [que não merece censura].

holly feather (1)

Deus mal podia esperar pelo grande momento de se reconciliar conosco e esquecer de vez de todo o nosso passado. Ele não via a hora de nos livrar do peso do pecado e apagar da memória tudo o que não valia a pena lembrar. Mas isso só seria possível quando Jesus viesse a este mundo e se entregasse por amor a nós. Esse sacrifício de cruz seria a única maneira de sermos aproximados do nosso Criador.

Por tanto, lembre-se dessa mensagem e saiba que Deus te ama mais do que qualquer coisa, por isso prefere não se lembrar dos erros que você cometeu e se recusa a fazer uma lista deles sobre a sua cabeça. Ele se reconciliou com você, restabeleceu o relacionamento entre vocês dois e te quer por perto mais do que nunca!

Se você está longe dele, volte para os seus braços de amor que sempre estarão abertos para te receber. Ei, volte para a casa do Pai, porque Ele está te esperando! E não se esqueça: Ele se reconciliou com você e nada vai mudar isso, viu?

 

Dicas

Aprenda a Fazer Marcadores de Página no Canva

05 de janeiro de 2018

Se você é daquelas que adora ler um bom livro, escolhe o canto mais apropriado para isso e que, por vezes, é interrompida pelo seu irmão que não para de fazer barulho pelos corredores, pela construção que estão fazendo bem ao lado da sua casa ou até mesmo pela sua própria consciência dizendo: “está bom por hoje, você não acha?”, com certeza precisou de um marcador de página para não se perder em suas leituras futuras, não é verdade?

como-fazer-marcador-de-pagina

Pois é, mas por incrível que pareça você não tem nenhum aí na sua casa e a livraria mais próxima fica à quase cinco quarteirões de onde você mora. Foi pensando exatamente em pessoas como você que eu resolvi criar este post para te ensinar de uma maneira bem prática (e barata) a fazer o seu próprio marcador de página super criativo! Bora lá, aprender?

como-fazer-marcadores-de-pagina

Passo 1: Acesse o site Canva.com

Este é um site super versátil em que você pode criar muita coisa legal! No post 4 Editores de Fotos Gratuitos para blogueiros ou não eu falei um pouco mais sobre ele. Siga os passos a seguir para fazer seu registro gratuitamente no site e ter acesso às ferramentas que você vai precisar para o seu marcador de página. 

como-fazer-um-marcador-de-pagina

como-fazer-um-marcador-de-livros

Passo 2: Depois que você seguiu todos os passos para se registrar, na página inicial do painel de controle que foi criado para você clique em “usar dimensões personalizadas” e coloque esses valores em pixels: 591 x 2185. Uma nova janela se abrirá para você criar o seu marcador de página.

como-fazer-um-marcador-de-pagina1

Passo 3: No canto esquerdo da sua tela você verá que existem diversas ferramentas para serem utilizadas no seu marcador de página, tais como cores de fundo, textos, fotos, e figuras. Agora é só usar a criatividade e arrasar!

como-fazer-um-marcador-de-pagina2

Lembre-se de salvar a imagem em formato PNG, ok? Eu vou deixar alguns modelos incríveis que eu fiz para você se inspirar. Se você quiser utilizá-los, pode ficar à vontade. Uma dica é que você os imprima em um papel mais grossinho, tipo o Vergê.

Clique no link e baixe os Marcadores de Página

Bem, espero que tenha gostado deste post e se você quiser comentar o que achou, fique à vontade! Um abraço e até a próxima!