Tesouro Particular

Muitas pessoas sonham e várias delas possuem sonhos em comum. E Rebeca sabia muito bem disso. A mania de olhar para os lados e observar que outras pessoas também procuravam compartilhar com o mundo suas ideias através da escrita a estava deixando acovardada e inquieta.

Ela amava combinar suas experiências com a arte das palavras até porque era justamente isso que despertava suas mãos para trabalhar, contudo seu coração estava se infiltrando cada vez mais de inseguranças e incertezas. Seus textos podiam fazer muito sentido até serem comparados à arte de outros tantos sonhadores. 

Ela estava perdida em suas próprias desconfianças. Questionar seus sonhos acabou se tornando uma rotina torturante e tudo em sua vida foi perdendo a coerência. Aquela mesma arte que antes era manifestada pela harmonia das batidas do coração com o bailar dos dedos agora estava sendo cruelmente menosprezada devido ao pânico espalhado por todo o restante dos membros de seu corpo. Ela mesma estava diminuindo gradativamente o valor de sua arte.

Mas, ainda bem que depois de alguns meses a sua fonte de inspiração eterna, mais conhecida como Espírito Santo, a fez lembrar do tesouro que há muito tempo recebera de seu Pai. Tesouro este que trazia consigo toneladas de amor, inspiração e vida. Rebeca ousou olhar para dentro de si e o viu ali, reluzente, perfeito e estático. Ela já havia tocado nesse tesouro quando permitiu a arte fluir, mas precisava continuar tocando nele, dia após dia, para suas mãos continuarem sorrindo e dançando.

Desde então, a jovem entendeu que seu Pai é muito criativo quanto aos sonhos que distribuiu no coração de seus filhos e que cada um é especial do jeito que só o Autor da Vida entende. Mesmo que muitas pessoas gostem de escrever, de cantar ou de dançar, nenhuma consegue ser igual a outra porque o tesouro que cada uma possui é único, diferente e especial.

Tayná Carolinne

Tayná Carolinne participa do Festival W Music

Na última quarta-feira (18), a blogueira Tayná Carolinne participou da semifinal do maior concurso de música gospel do país, o Festival W Music. O evento aconteceu na Igreja Missão da fé, localizada em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo e contou com a participação de trinta candidatos selecionados de várias cidades da região após uma maratona de audições realizada no mês passado em diversas igrejas.

Tayná revela que sempre sentiu o desejo de participar de concursos de música, mas nunca levou essa ideia adiante. “Confesso que foi tudo muito rápido. Tive três dias para decidir se iria participar desse festival ou não, mas como uma das fases de audições seria realizada em minha cidade, pensei que não poderia perder essa oportunidade.”

Estavam presentes no evento o maestro e produtor musical Wellington Corrêa, o cantor gospel Leonardo Gonçalves e a Fat Family Deise Cipriano, todos atuando como jurados técnicos. Cada finalista teve a oportunidade de ser fotografado ao lado dessas três grandes personalidades da música gospel.

“Eu nunca pensei que conheceria pessoalmente o cantor Leonardo Gonçalves e muito menos a Deise do Fat Family. Sem contar que eu ainda ganhei um abraço da Talita Cipriano, finalista do The Voice Kids, que estava acompanhando sua mãe no evento.” destaca Tayná muito empolgada com o festival.

Tayná não foi classificada para a grande final que acontecerá na noite deste sábado (21), mas a blogueira enfatiza que toda essa experiência valeu muito a pena. “Eu consultei a Deus diversas vezes antes de entrar de cabeça nesse festival e Ele me deu todos os recursos necessários para vencer os desafios e dificuldades que tive que enfrentar do começo ao fim dessa aventura. Sei que tudo isso ainda vai render muito aprendizado e serei eternamente grata ao Senhor Jesus por não ter me abandonado em momento algum”, encerra.

Confira no vídeo abaixo a apresentação de Tayná no Festival W Music interpretando a canção “Quero Conhecer Jesus”. 

O Reencontro com a Melodia da Vida

Era uma quarta-feira de março quando os planos daquela garota resolveram tomar um rumo totalmente imprevisível. Cada detalhe estava anotado em seu bloco de notas mental e todos os compassos da dança da vida já haviam sido ensaiados. Faltava apenas uma resposta concreta para que seu projeto fosse colocado em prática.

Tudo estava esquematizado de acordo com os seus pensamentos e vontades, pensando ela ser a aventura mais incrível de sua caminhada. Seu coração acelerava conforme o ecoar do som da expectativa e a ansiedade em apalpar aquilo que já estava sendo investido há meses tomou conta de si.

Foram três dias de bombardeio de sentimentos e lembranças, suficientes para deixá-la confusa naquela mistura de sons e palavras. Dois sonhos, uma escolha. Se entregar de vez ao que já fazia parte de sua rotina ou resgatar aquilo que havia se perdido nas lágrimas de decepção. A garota não estava esperando por isso.

Sem pensar duas vezes correu para os braços de seu Pai na esperança de receber alguma orientação. Em diversos momentos ela quis se esconder e esquecer ambas as artes. Seu coração e seus ouvidos ainda estavam se recuperando das feridas que o som intenso da repreensão causara, então o que seria tão convincente a ponto de fazê-la abrir mão do prazer em ver a caneta dançar para simplesmente mergulhar no mar de melodias?

Ela tentou se esquivar do vitimismo, mas a escolha que devia tomar a estava deixando sem fôlego, por isso se rendeu ao drama. Chegou o dia em que a difícil decisão bateu de frente com a sonhadora e a mesma não pôde mais fugir. Ela fez o que seu Pai lhe instruiu em seu interior e não teve dúvidas de que tomaria uma decisão complicada, mas correta conforme a opinião dele.

A menina não abriu mão de nenhum daqueles dois sonhos, o que ela fez foi deixar de lado a sua vontade para acolher a vontade de seu Pai. Ela disse “sim” para a arte dos sons e pediu para a arte das palavras esperar um pouco até que seu Pai preparasse o momento certo para ela ser manifestada. Enfim, essa decisão ainda vai render muita história para contar.

Tayná Carolinne

Fraquezas Descobertas

Este é o primeiro texto que escrevo depois de ver minhas mãos ficarem terrivelmente paralisadas. Eu não vou cometer a ousadia de culpar o tempo, ou melhor, a falta dele por todas as vezes que corri no decorrer desses dias a fim de tentar administrar algo que inesperadamente confundiu todos os meus desígnios. 

Eu fui encontrada por aquilo que há seis meses estive me esquivando tanto. Sim, eu estive fugindo de uma coisa que acabou se esbarrando comigo sem que eu previsse isso. Essa colisão foi assustadora. Diante desse evento vi minhas mãos começarem a ficar imobilizadas.

Eis que a vida me constrangeu a tomar uma atitude que mudaria toda a minha rotina, que impulsionaria meu coração a acelerar as batidas mil vez mais e que sem dúvidas drenaria minhas energias. O impacto foi impressionante!

Estou convencida de que a descoberta de tantas fraquezas diante desse mar de escolhas foi a responsável por adormecer minhas mãos. Fraquezas essas que eu sabia que as tinha, mas não imaginava que o fato de Deus as revelar a mim fosse ser algo tão difícil e cruel de lidar. Eu estou tendo a oportunidade de conhecer cada um dos meus defeitos. 

O que fez as minhas mãos acordarem agora foi o a voz do Espírito Santo me sugerindo a expressar em palavras a experiência que tive ao olhar para o espelho e me deparar com alguém que a todo instante se distrai com a força do vento sem que ao menos perceba isso, mas que logo acabou se recordando da grandeza e fidelidade daquele que é capaz de trabalhar com imensa perfeição mesmo num coração como o seu.

Tayná Carolinne

 

 

 

Edificação Particular

Certa vez, um artista cuja imaginação era incrivelmente fértil, resolveu que queria investir de maneira ousada numa de suas obras em andamento. Ele já estava trabalhando nela há dezesseis anos de uma forma muito caprichada, contudo, sua personalidade aventureira e destemida o deixava inquieto, deste modo, o impulsionando a colocar em prática algumas de suas ideias malucas de uma vez por todas.

Uma das características deste eterno sonhador é a forma como ele se expressa com detalhes. O costume de minuciar tudo o que passa a existir pelo toque de suas mãos é fantástico. Por isso lhe veio o desejo no coração de realçar ainda mais as particularidades daquela criação em especial.

Já faz quatro anos que o leve e perfeito manejo do pincel começou a dar os intrépidos retoques naquela obra. Todos os dias as mãos do artista sonhador acompanhavam o ritmo das batidas de seu coração. É certo que ele vai continuar nessa constância enquanto achar que as correções sejam necessárias, até que chegue o dia em que a obra seja concluída com sucesso.

Eis que  o carismático sonhador a intitulou Edificação Particular para mostrar a quem quiser ver que o aprimoramento dela fora arquitetado exclusivamente para promover  uma linda intimidade entre o Criador e sua criação, entre Deus e eu.